Olaaaaa meus amores! Essa viagem não acaba mais né?! Escrevendo aqui entendi porque as pessoas pensaram que eu fiquei uns 3 meses lá hahaha

A próxima cidade é Milão.

Saímos de Firenze perto de meia noite e chegamos no hotel por volta das 4 horas da manhã. Fizemos check in no super lindo E.C.H.O. hotel (da rede StarHotels que eu AMO).

O hotel fica simplesmente a 1 quarteirão da principal estação de trem de Milão (Milano Centrale), que dá acesso a várias outras cidades e até países.

Milão é uma cidade linda, internacional, cosmopolita, agitada, muito viva, importantíssima no mundo da moda e no ramo financeiro, mas turisticamente falando, não tem TANTA coisa pra fazer. Dá tranquilo pra conhecer em um dia.

Os principais pontos para se visitar são:

  • Duomo di Milano
  • Museo del Duomo
  • Museo del Novecento
  • Palazzo Reale
  • Galleria Vitorio Emanuele II
  • Castello Sfornisco/Parco Sempione
  • I Navigli

Todas essas paradas são realmente muito perto uma da outra. Exceto o Castello Sfornisco que precisa dar uma caminhada a mais, e o bairro Navigli, que fomos de Tram (uma espécie de bondinho que passa pelas ruas). Estávamos com um amigo que mora lá, então ficou mais fácil saber as direções dos lugares, mas nada que nosso amigo Google Maps não faça rs.

O bairro Navigli é muito divertido. A tradição é o famoso Aperitivo: Todos os restaurantes colocam uma mesa enorme cheiaaaa de comidas (desde saladas, aperitivos, massas, pães, carnes e etc) e você só paga a bebida e come à vontade. É bem badalado no fim de tarde. As ruas principais são Naviglio Grande e Naviglio Pavese. Tem um canal bem grande, entre as ruas, a vista é super linda.

Pra quem ama agito, as noitadas de Milão são bem boas, mas nesse caso precisa-se de mais de um dia em Milão! Eu infelizmente não peguei nenhuma balada, mas me indicaram três bem conhecidas!

  • Just Cavalli – Balada do estilista Roberto Cavalli, então já imaginamos as pessoas que frequentam lá… só gente linda e muito bem vestida.
  • Il Gattopardo – balada que foi construída dentro de uma igreja desconsagrada. Falam muuuito bem dessa. Essas duas boates tocam um som mais comercial.
  • The Club – uma balada considerada “baixo nível” pelos habitantes de lá, mas já eu acho que deve ser minha cara, porque é um lugar que toca hiphop e tem muita gente dançando muito!

 

Espero que estejam gostando das dicas. Comentem aqui se tiverem dicas também 🙂

Um super beijooooo

 

Você pode gostar também

2 comments

Rispondi

Oi Rachel! Vou para Milão, alem de outros países como Ibiza e Croacia e gostaria de dicas suas de looks para viajar para esses lugares, em diversas ocasiões, dia e noite. Obrigada! 🙂

Rispondi

lá a gente usa muito biquini com coisa por cima, mas vou preparar um post com alguns dos meus looks

Deixe uma resposta