Ahhhhhhh meu Deus, chegou a hora de falar de uma das cidades que mais amei nesse mundo.

Por onde eu começo?

Acordamos cedo em Sorrento e fomos para o porto onde saem os barcos para Capri. A passagem custou em torno de uns 18 euros. O Ferry (o barco que a gente pegou) sai de meia em meia hora e a viagem leva em torno de 20 minutos. Super rápido. Você já sente uma energia diferente logo quando chega… Não sei explicar mas parece que tá todo mundo lindo, arrumado e feliz, e a cidade é TÃO linda, mas TÃO linda…

O porto (Marina Grande) fica na parte de baixo da ilha, mas a cidade em si fica num plano mais alto. Para chegar nos hotéis você precisa subir com o funicular (é um bondinho que sobe até a praça Umberto I – Centro de Capri- e custa 1,80 euro). Muita gente contrata o serviço dos carregadores de bagagem, que carregam a mala até o hotel enquanto você está no funicular. Eu levei a mala comigo e me arrependi kkkk.. A mala era maior que eu. Outra opção é ir de taxi, mas o caminho é muito mais longo e muito mais caro. Capri é uma cidade para se andar totalmente a pé. As ruas são estreitas e a cidade é pequena.

Chegamos e fomos direto para nosso hotel LINDO e aconchegante, chamado La Tosca. É um hotel um pouco mais luxuoso, a vista era perfeita, de frente para um jardim Alexandrino, numa ótima localização com um café da manhã maravilhoso na parte externa! Dá pra ver uma boooooa parte da cidade de lá.

Deixamos a mala e fomos almoçar num outro hotel incrível chamado La Minerva. Uma comida bem boa, uma piscina incrível e a vista então nem se fala.

De lá, saímos pra dar uma volta pela cidade e conhecer alguns lugares que tinham recomendado pra gente , então pegamos um ônibus e fomos ver o pôr do sol em Anacapri, que é o outro lado da ilha, mas especificamente no Faro ( não o Rodrigo, aquele da tv..outro Faro HAHAHAHAHA)…Assim que chegamos lá, ja começamos a ouvir um som. Era domingo e estava rolando uma festinha no Faro, a galera muito animada, dançando, bebendo e vendo o pôr do sol ( logo que acaba o pôr do sol a festa acaba, então fomos embora assim que o sol saiu). Saímos de lá e voltamos pro hotel pra dormir.

No segundo dia, depois do café da manhã fomos para a Marina Grande e compramos o passeio em volta da ilha. Têm duas opções, a primeira você vai só até a Gruta Azul ou você dá a volta completa na ilha e por fim entra na Gruta Azul – que foi o passei que escolhemos. A diferença de preço é muito pequena e vale muito a pena dar a volta completa e M E U  D E U S  D O  C É U o que foi esse passeio? Não consigo colocar em palavras o que eu senti vendo toda aquela beleza de lugar, foi um dos lugares que eu mais senti emoção na vida.

No mesmo dia pegamos nossas coisas e fomos de barco até Napoles, mas ai vocês vão ter que esperar o próximo post pra saber mais hehehehe

 

BEIJOS ENORMES

 

Você pode gostar também

1 Comentário

Rispondi

Rachel!!!! Só queria dizer que estou aqui em Capri assistindo esse por do sol surreal e te agradecer por ter sido o incentivo dessa viagem sensacional que fiz!!!!!!! Foi tudo incrível! Obrigada pelas dicas!!! Insta paulalimor

Deixe uma resposta